Baixar Colesterol

Alimentação Ajuda a Diminuir Colesterol

O colesterol é um dos grandes vilões da nossa saúde, responsável pelo surgimento de diversas doenças e outros problemas físicos. Porém, existem dois tipos, o colesterol bom e o colesterol ruim, e a principal fonte dos dois é através da alimentação. Como saber separar o que produz o bom e o mau colesterol? Qual a diferença? Como diminuir os níveis de colesterol?

De forma sucinta, podemos dizer que o colesterol é uma espécie de gordura produzida pelo fígado ou ingerida através de alimentos de origem animal. E, apesar de todas as críticas que recebe, continua sendo uma substância essencial para a vida humana e está presente em diversos processos bioquímicos realizados pelos nossos organismos, como a formação dos hormônios sexuais, vitamina “D” e ácidos biliares. Ainda assim, é mais conhecido pelos problemas que causam, pois a substância não se dissolve na água, assim como não se dissolve no sangue, dessa forma todo o excesso que não se transforma nos processos bioquímicos fica acumulado nas artérias, endurecendo e formando placas, causando doenças cardiovasculares graves, a arteriosclerose até o entupimento total das artérias.

O colesterol bom é chamado HDL, ele diminui os risco de doenças cardiovasculares e seu nível deve ser acima de 40 para as mulheres e acima de 50 para os homens. Já o LDL é o colesterol ruim que aumenta o risco de doenças cardíacas e o ideal é que seu nível seja abaixo de 100 em homens e mulheres.

Os altos níveis de colesterol ruim acontecem por fatores externos ou internos. Os fatores externos são principalmente a ingestão de carnes vermelhas com gordura e ovos e os fatores internos, produção em excesso do colesterol pelo fígado. Isso explica o fato de pessoas magérrimas terem problemas de colesterol alto, apesar de pessoas obesas e sedentárias serem as principais vítimas desse problema.

Para quem apresenta problemas de colesterol alto é essencial baixar  seus níveis e a principal maneira é com uma dieta pobre de gordura animal e de ovos, mesmo para as pessoas que são magras. O leite, a manteiga, queijo amarelo, embutidos, chocolate, frituras, creme de leite, presunto, bacon, pele de frango e muitos outros alimentos também possuem colesterol na sua composição, portanto é importante cuidar e reduzir ao máximo a sua ingestão. Exercícios físicos também são muito importantes para baixar os níveis de colesterol. Dentre eles, as caminhadas, a musculação, natação e andar de bicicletas são muito indicados. Porém para quem tem problemas de colesterol em virtude do excesso de produção pelo fígado, é importante usar a medicação prescrita pelo endocrinologista.

Deixe seu comentário

*