Colágeno e Elastina

colageno e elastinaQuando o tema é beleza logo o foco se direciona para a pele, especialmente a pele do rosto, objeto de inúmeros tratamentos e procedimentos para manter a sua beleza e evitar o envelhecimento e o surgimento de rugas e outros sinais do tempo. Para a maioria das mulheres esse processo começa entre os 25 e 35 anos, época em que o organismo começa a produzir mais lentamente as proteínas do colágeno e da elastina, favorecendo o surgimento das primeiras rugas e marcas de expressão.

A partir dos 35 anos a produção de colágeno passa a ser ainda menor, fator que associado a alimentação desequilibrada, exposição inadequada ao sol, cigarro e excessos de toda a espécie, conduz ao envelhecimento precoce, com o surgimento de rugas, manchas na pele, flacidez e de marcas de expressão. Nessa época se a pele não é tratada adequadamente perde sua vitalidade.

O corpo humano quando jovem é rico em elastina e colágeno, que entre outras funções, dá suporte aos órgãos internos, inclusive a pele, estrutura óssea, articulações, tendões e  ligamentos.

O colágeno é uma espécie de proteína complexa, produzida naturalmente pelo organismo, e que assim como a elastina, não podem ser absorvidas através da pele, assim só existem duas maneiras de repor o colágeno e a elastina em nosso organismo: o estimulo a sua produção pelo organismo, ou através de suplementos.

Muitos estudos já foram realizados para buscar entender a diminuição da produção do colágeno e da elastina pelo corpo e seu reflexo direto no envelhecimento. Sabe-se que o colágeno e a elastina são responsáveis pela elasticidade, uniformidade e resistência de nossa pele, e a sua falta são a principal causa das rugas e do envelhecimento.

O colágeno e a elastina são tão importantes para a beleza facial, que já foi desenvolvido inclusive um aparelho capaz de medir os níveis de colágeno no nosso corpo.

O programa da Ana Maria Braga fez uma demonstração da técnica com um grande sucesso de audiência, visto o interesse que o tema desperta, quando o assunto é beleza.

Assim, visto a importância das duas proteínas, a indústria de dermocosméticos e os laboratórios tem investido no desenvolvimento de produtos que reponham o colágeno através de suplementos, o que favorece não só a beleza física como também o funcionamento do organismo, e também em produtos tópicos que absorvidos pela pele, agem diretamente sobre as células da derme, estimulando a produção do colágeno pelo organismo.

Ambas as formas são eficientes e trazem efeitos importantes, rejuvenescendo e revitalizando a pele.

2 pensamentos em “Colágeno e Elastina”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *