Como Organizar o Armário no Inverno

Nada poupa mais tempo e estresse na sua vida do que organizar seu armário ou guarda-roupas conforme as estações do ano. Como o inverno acaba de chegar oficialmente, é chegada a hora de fazer aquela limpa nas roupas.

Mas, mais do que tirar as peças que não têm mais utilidade para você, é o momento também de estabelecer como você vai passar o frio. Ao deixar as roupas organizadas, essa tarefa será bem mais simples.

Confira a seguir 5 dicas sobre como organizar seu armário para o inverno 2017:

  • Guardar: a não ser que você more em uma região em que o frio dura pouco ou nem aparece, o ideal é guardar as peças de verão. Dessa forma, você terá mais espaço para as outras roupas mais úteis do momento.

  • Analisar: sabe aquele vestido curto preto? Pode ser que ele tenha sua vez também no inverno, com meia calça e um casaco. É nessa hora que você pode começar a analisar looks futuros. Parece futilidade no começo, mas isso vai te salvar quando tiver alguma ocasião em que precisa se vestir rapidamente..

  • Descartar: tudo bem que você ama blusas vermelhas, mas será que precisa mesmo de 5 modelos diferentes? Descartar peças que você não precisa é necessário. Além de desapegar daquilo que não te faz falta, você ainda pode acabar ajudando alguém que passa frio. Não hesite em doar agasalhos em boa qualidade.

  • Acessórios: um bom cachecol, par de luvas ou chapéu podem te dar um charme extra. Aproveite para lembrar das peças que você amava ano passado e que não usou mais para ver o que ainda pode ser útil. Deixar uma gaveta exclusiva para acessórios pode ser uma boa.

  • Botas: nenhum calçado é tão maltratado do que as botas. Muita gente não guarda do jeito certo ou esquece num cantinho. Este é o momento de tirar das caixas, analisar como estão e colocar no sol, para tirar o cheiro de guardado. Faça o mesmo com coturnos e outros calçados que você não tem usado. E, novamente, não hesite em passar para frente o que achar que não fará falta.

Organizar seu guarda roupa é organizar também a sua vida. Quando suas roupas e calçados estão bem cuidados, é mais fácil cuidar de si mesmo. Não tenha preguiça de fazer isso por você!

Simpatias de Dia de Santo Antônio

Considerado o Santo Casamenteiro dos cristãos, Santo Antônio é lembrado no dia 13 de junho. E como não poderia deixar de ser, a data é sempre cercada de muitos pedidos e orações feitas por quem deseja casar.

Para a maioria das pessoas, se trata de uma ocasião especial de devoção. No entanto, há também quem aproveite o dia para tentar descobrir ou pedir por um novo amor.

Confira a seguir 5 simpatias que você pode aproveitar para fazer hoje:

  • Menino Jesus: a imagem de Santo Antônio é sempre acompanhada de um menino Jesus. Para quem quer muito recuperar um antigo ou conquistar um novo amor, basta tirar o bebê dos braços do Santo e dizer que só vai devolvê-lo quando a graça for alcançada.

  • Nome do Amado: para quem tem pressa de descobrir quem será o escolhido, pode ser sua chance. Pegue um pratinho virgem, nunca usado, coloque um pouco de água e pingue gotas de vela até formar uma letra, que será a inicial do seu futuro par.

  • Cabeça pra Baixo: outra maneira de pedir ao Santo que te ajude a casar, coloque o Santo Antônio de cabeça para baixo até que sua graça sentimental seja alcançada.

  • Fitas: para quem quer consolidar um relacionamento, basta escrever o seu nome e o do amado nas pontas de uma fita. Durante 21 anos, faça um nó diariamente nessa fita e  diga: “Essa fita tem um nó que vai te amarrar a mim”. Ao fim das 3 semanas, amarre a fita no pulso e durma com ele, jogando no lixo no dia seguinte.

  • Vela: para quem quer atrair um amor específico, acenda uma vela branca em um pires nunca usado e escreve, com ajuda de um palito, o nome do pretendente. Passe a vela no mel e deixe queimar. Você vai receber uma declaração em breve.

Para encerrar, vale dizer que o que realmente importa é a sua fé no Santo Antônio e também no pedido feito. Com o tempo, você vai receber sua graça, basta acreditar.

Truque Simples Para Comer Menos

Você sabia que a maioria das pessoas come mais do que precisa? Esse excesso na alimentação pode trazer resultados tanto na saúde quanto na balança. No entanto, um truque simples pode ajudar a comer menos.

Está preparado para saber?

Vai parecer super bobo, mas para comer 20% menos do que está acostumado sem sofrimento, basta trocar de mãos. Sim, pense em como você utiliza os talheres e simplesmente mude a ordem. Vale também para comer com as mãos.

É estranho, mas esta troca funciona de diversas maneiras. Primeiro que a gente geralmente não tem a mesma habilidade dos dois lados do corpo. Cortar a carne, por exemplo, fica muito mais difícil. E para levar a comida à boca, o garfo será mais lento.

Sensação de Saciedade

Esse truque para comer menos não funciona à toa. A verdade é que a gente se come com pressa, mais rapidamente do que nosso cérebro acompanha. Ao utilizar os talheres de maneira diferente, é preciso agir mais lentamente. Na prática, isso significa que você acaba demorando mais a comer.

E quando a gente demora mais a comer, o organismo tem mais tempo para assimilar o consumo de nutrientes. Assim, a sensação de saciedade acontece com uma porção de comida menor do que você está habituado.

Claro que esta não é uma resposta definitiva para os exageros à mesa. É interessante começar também a mastigar mais lentamente. Não precisa seguir aquela regrinha das 33 mastigadas, porém, saborear melhor a comida pode contribuir muito para que você coma com menos avidez.

Lugares Onde Mais Dói Fazer Tatuagem

Todo mundo já pensou em fazer tatuagem algum dia. No entanto, muita gente acaba ficando com medo de sentir dor demais. E não vamos mentir, isso pode acontecer.

Na verdade, a questão é mais saber onde escolher sua primeira tattoo. O ideal é que você não comece tatuando um dragão de mil detalhes na costela, por exemplo. A chance de você sofrer mais do que com uma estrelinha no ombro é praticamente certa. Por isso, a primeira dica é ir com calma.

Entenda melhor que lugar do corpo mais dói na hora de tatuar:

  • Lateral do bíceps, antebraço, ombros na parte da frente, glúteos, coxas na parte lateral e traseira e panturrilha: locais mais indicados para iniciantes. A dor nesses locais é considerada suportável.

  • Coxas na parte da frente e do meio e a parte de trás dos ombros: também mais indicada para quem está começando a se rabiscar. Mas vale um adendo, o ombro pode demorar um pouco mais a cicatrizar.

  • Cabeça, rosto, clavícula, joelhos e cotovelos, mãos, pescoço, pés, peito e a parte de dentro das coxas: depois que você já começou e sabe como é o processo da tatuagem, pode começar a se arriscar mais. Na maioria dos casos, é preciso ter um pouco mais de resistência, principalmente nos joelhos e cotovelos. Só comece se você tiver certeza que consegue ir além dos seus limites.

  • Costelas, quadril, estômago, parte interna dos joelhos, axilas, parte de dentro do cotovelo, mamilos, lábios, virilha e genitais: tem tanta tatuagem linda pras costelas, né? Pois é bom que sejam incríveis mesmo, já que vão doer muito mais do que você gostaria. Por serem peles mais esticadas, pode ser que precise até de mais sessões, o que ajuda na hora da dor.

Claro que, se você estiver pronto para tatuar, a coragem vai aparecer. Mas é importante que esteja preparado psicologicamente e não cai nas conversinhas de que não dói nada. Pode doer pra caramba, sim, mas vale a pena se é o que você realmente quer.

Respiração Hipnótica Para Dormir

Hipnose para DormirEnquanto muita gente sofre para conseguir acordar todas as manhãs, há quem daria tudo para conseguir dormir melhor. E é nisso que a respiração hipnótica pode ajudar muito.

Na verdade, se trata de uma maneira de se auto-hipnotizar e conseguir deixar o corpo relaxado a ponto de deixar o sono fluir. Muitas vezes estamos tão preocupados com o dia a dia que simplesmente não nos permitimos desligar desse sentimento. É quando a insônia toma conta e parece que só os remédios é que vão resolver a situação.

Claro que existem medicamentos ótimos e necessários, mas há situações em que entender e trabalhar melhor o corpo e a mente já pode ser suficiente para conseguir noites melhores. Vamos aprender como fazer essa hipnose e como é a sua preparação:

  • Televisão: antes de iniciar a respiração destinada ao sono, é importante deixar o quarto propício para o sono. A televisão, apesar de super cômoda, atrapalha muito o sono, por sua iluminação intensa. Deixe os filmes e novelas para a sala, e tente deixar o computador também de fora do seu local de dormir. O mesmo vale para o celular e seus joguinhos.

  • Relaxar: se você decidir quebrar uma parede antes de dormir, óbvio que seu corpo vai estar acelerado. Tente encontrar alguma atividade que te ajude a esquecer dos problemas. Um bom livro, uma música tranquila, um hobbie da sua preferência. Tudo vai te ajudar a relaxar.

  • Preparação: é aqui que começa a auto-hipnose pra valer. Deite na sua cama, já pronto para dormir, e comece a respirar fundo. Respire pela primeira vez, esvaziando a mente. Conte 6 segundos para puxar o ar e 4 para soltar. Depois aumente para 8 e 6 segundos.

  • Corpo: você deve fazer 8 respirações profundas, lentamente. Durante cada uma delas, mexa uma parte do seu corpo, percebendo completamente sua posição, músculos, etc. Respire fundo enquanto mexe os pés, respire fundo sentindo as mãos, respire fundo pensando nas pernas, dedos, pescoço, cabeça, barriga…

  • Sono: se você não estiver abrindo a boca de sono ao final da quarta respiração profunda, é porque sua mente não está presente neste exercício de respiração hipnótica. O relaxamento do corpo é que vai ditar a sua capacidade de usar essa técnica a seu favor.

Vale dizer que para que essa auto-hipnose funcione você precisa querer e acreditar que vai funcionar. Caso seu cérebro esteja duvidando ou inseguro com o processo, vai ficar mais difícil. Mas nada de desistir. Se não der certo hoje, continue tentando amanhã e depois. Eventualmente você vai se permitir relaxar como deve.