Existe Gravidez Psicológica?

camila-pitangaEssa semana, Camila Pitanga surpreendeu ao revelar que já achou que estava tendo uma gravidez psicológica. No fim das contas, ela estava mesmo esperando um bebê, mas será que uma mulher pode mesmo achar que está grávida sem estar de verdade?

Se você duvida, por ir mudando seus conceitos porque sim, uma falsa gravidez pode sim acontecer, e a ponto da mulher sentir mudanças no seu corpo. Chamada também de pseudociese, a gravidez emocional costuma acontecer com quem está desejando muito um filho ou morre de medo de engravidar fora de hora. É quando o cérebro acaba pregando uma peça.

Entenda melhor como funciona a gravidez psicológica:

  • Sintomas: em geral, a mulher que passa por esse gravidez emocional sente praticamente os mesmos efeitos de uma gravidez verdadeira. Podem aparecer enjoos, desejos de comer alguma coisa diferente, sono fora do normal. Para algumas, o corpo age como se realmente tivesse um feto, com formação de leite nos seios, menstruação ausente e até barriga crescendo sem nada no útero.

  • Diagnóstico: infelizmente, uma grávida emocional não consegue sozinha ter a percepção do que está se passando no seu corpo. Por isso, especialistas vão avaliar a condição da mulher através de exames de gravidez e de sangue. Caso não sejam suficientes, é possível fazer também um ultrassom para averiguar se há alguma presença de feto. No caso de Camila Pitanga, o exame de farmácia não detectou a gravidez, então ela precisou se submeter a outros testes para comprovar que estava realmente grávida e que seu instinto materno não era apenas fruto de sua imaginação.

  • Acompanhamento: além dos testes e exames, é importante que a mulher faça um acompanhamento psicológico depois de descoberta a gravidez emocional. Muitas podem ter dificuldade de compreender que apesar dos sinais, não está esperando um filho. Às vezes, a certeza da criança é tão grande que os problemas podem demorar um pouco para serem amenizados, mas com o tempo, a não grávida em questão vai conseguir perceber que não tem um feto dentro de si e ver os sintomas físicos desaparecerem. Nesse processo, a ajuda de familiares e amigos é essencial.

Vale dizer que por mais estranho que pareça, a gravidez emocional também pode acontecer com homens. O desejo de ter um filho pode acabar aparecendo no corpo. Há casos mais leves em que eles começam a ter desejos e enjoos junto com a companheira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *