Como Economizar na Black Friday

Hoje é aquele dia em que você tropeça em promoções por todos os lados. A Black Friday já se tornou parte do comércio brasileiro e às vezes a gente fica meio perdido. Será que dá mesmo para economizar nesse dia de descontos?

Durante algum tempo, a sexta-feira promocional, inspirada numa data tradicional nos EUA, foi símbolo de enganação no Brasil. Aos poucos, porém, e com um certo cuidado, é sim possível aproveitar para comprar produtos por preços mais em conta.

Como Economizar na Black Friday

Para quem está em busca de um produto específico, a Black pode ser uma oportunidade de pagar mais barato. Confira as dicas de como economizar:

  • Pesquisa: procure o máximo de opções que puder. Ainda existem plataformas que sobem o preço apenas para baixar durante a sexta promocional. Fique atento ao histórico de altas e quedas no valor, para saber se realmente compensa.

  • Influências: a gente bem sabe que é fácil entrar no clima e sentir vontade de comprar de tudo. Por isso, é importante que você não se deixe influenciar pela enxurrada de emails que vai receber. Avalie com cuidado se são itens que você realmente precisa.

  • Confiabilidade: essa é a época perfeita para golpes. Infelizmente, muitas lojas ganham sites piratas que enganam muita gente. Ao acessar qualquer página, confira se o endereço é o mesmo de sempre, procure por erros de ortografia, qualquer detalhe que pareça fora do normal. E cuidado com preços baixos demais.

  • Procon: muita gente acha que por ser online, não pode procurar o Procon ao perceber que foi lesado em alguma compra e isso é um mito. Não hesite em procurar o órgão ao ter qualquer problema. Há até mesmo plantões para essa data.

Para encerrar, vale dizer que se você é do tipo impulsivo, pode ser uma boa opção deixar o cartão de crédito longe e fugir das promoções. Muitos dos preços baixos dessa época não são tão baratos assim e você pode acabar comprando sem necessidade.

Como Não Ser Enganado na Black Friday

black-fridayChegou o dia cheio de promoções e promessas de economia! Uma pena que a Black Friday seja muito mais decorativa do que qualquer coisa por aqui. Infelizmente, são poucas as lojas que realmente aproveitam a tradição do feriado dos EUA para vender realmente mais barato. Por isso, fique atento para não ser enganado!

É super comum encontrar lojas que subam seus preços alguns dias antes da Black Friday para poder vender em promoção agora. Em outros casos, o desconto não é assim tão valoroso e a gente acaba comprando apenas na empolgação. Para evitar que isso aconteça, você precisa tomar alguns cuidados.

Confira as dicas para não ser enganado na Black Friday:

  • Pesquisa: a campanha promocional de um site pode ser maravilhosa, mas isso não significa que seu preço também seja. Por mais que você se empolgue com o anúncio do produto que deseja, pesquise antes de comprar. É possível consultar preços anteriores e ainda conferir se o produto não está mais barato em outras lojas.

  • Lista: essa é uma dica que você pode aproveitar pro ano que vem, faça uma lista do que você quer ou precisa comprar lá por junho, julho, ou até antes. Comece a acompanhar os preços e guarde direitinho cada oscilação. Isso ajuda tanto a saber se o preço está bom quanto a não comprar apenas por impulso.

  • Perguntas: a palavra promoção enche os olhos, a gente sabe, mas existe um truque super simples para decidir se você deve comprar ou não. Sempre questione a si mesmo: Você quer? Você precisa? Você merece? Você pode pagar? Se alguma resposta for negativa, é melhor repensar.

  • Frete Grátis: a Black Friday costuma acontecer mais nas lojas online, então o frete grátis é sempre muito atrativo. O problema é que às vezes a gente precisa gastar uma certa quantia pra zerar a entrega, então avalie direitinho se não está comprando sem necessidade.

  • Bom Senso: um iphone 7 nunca vai custar R$500, ou seja, desconfie sempre de ofertas muito baratas e sites desconhecidos. É preciso ter bom senso para não cair em páginas mal intencionadas. O barato demais sempre sai caro.

Para encerrar, vale dizer que no Brasil as ofertas de lojas físicas costumam acontecer depois do natal. Então, se você achar que o preço ainda não baixou o suficiente, não tenha pressa. Pode ser que esperar mais um pouco acabe compensando.