Como Saber Se o Pretendente Está Mentindo

O carnaval está chegando e, com a folia, surgem muitos pretendentes e crushs. Mas, e como saber se é alguém que vale a pena ou se está mentindo só pra te conquistar?

Claro que durante a festa, talvez seja difícil dar aquela investigada na pessoa. No entanto, existem alguns sinais físicos e psicológicos que podem te dar alguma pista da personalidade da pessoa.

Como Descobrir se Estão Mentindo Para Você

Antes de qualquer coisa, você precisa ser muito observador. Analise com cuidado os movimentos e fala da pessoa, confira:

  • Olhos: se seu crush ficar desviando o olhar o tempo todo, desconfie. Pode ser um sinal de que ele esconde alguma coisa e não consegue nem te encarar. Também fique atento se ele estiver piscando demais, como se fosse um tique. Pode ser um sinal inconsciente de enrolação.

  • Posição: analise o corpo da pessoa e para onde estão seus pés. Caso estejam virados para a saída, pode ser uma indicação de que a pessoa está com a cabeça na saída. Ou, procurando uma maneira de deixar a conversa.

  • Nervosismo: não pense apenas naquele nervosismo óbvio, mas em sinais de que a pessoa está inquieta. Se não parar de se mexer o tempo todo, pode ser indício de mentira.

  • Coceira, Tosse, Pigarro: ficar interrompendo a conversa de tempos em tempos com tiques insistentes também pode indicar desconforto. Coçar o rosto uma ou duas vezes é até aceitável, mas ficar tentando se esconder não é normal.

Vale dizer que você também deve contar com a sua intuição. Se perceber algo errado e achar que não vale a pena continuar a conversa, não hesite em aceitar esse sinal pessoal. Pode ser que a nossa mente não saiba direito o que está acontecendo, mas nosso inconsciente entende e manda sinais do que fazer na hora certa.

 

Como Descobrir Se Alguém Está Mentindo

Muita gente fala por aí que estamos vivendo a era da pós-verdade, em que o que é real não importa tanto, porém, isso não quer dizer que a gente tenha que gostar de mentiras, não é? Só existe uma coisa pior do que descobrir que alguém está mentindo, não descobrir.

Para evitar que você seja aquela única pessoa enganada, é sempre importante estar atento a todos os sinais que indicam mentiras ou necessidade de que você desconfie.

  • Contato Visual: sempre que você perguntar alguma coisa e a pessoa desviar o olhar na hora de responder, desconfie. Nosso corpo é maravilhoso e sempre dá indícios de quando algo está errado. Piscar demais também pode insinuar uma mentira.

  • Expressão Facial: sabe quando você sente que a pessoa não está realmente sentindo o que está falando? Pode ser por causa de sua expressão facial, que não combina com a declaração que está sendo feita. Quem está tentando te enganar, geralmente mantém a mesma cara o tempo todo. Já quem está sendo sincero tem tendência a mudar mais as expressões.

  • Coceirinhas: só de ler a palavra coceira é super comum sentir alguma parte do corpo coçando, mas exageros podem ser um sinal de alerta. A não ser que a pessoa esteja com alguma alergia, as coceirinhas têm tudo para indicar que a pessoa está tentando se esconder enquanto fala com você.

  • Falar Alto: você já notou que sua voz fica um pouco mais aguda quando está tentando convencer alguém de algo que não é bem verdade? É porque nossas cordas vocais ficam tensas durante uma mentira e podem ser outro sinal importante de que algo está errado.

  • Mãos e Pés: esconder as mãos nos bolsos durante uma conversa não é normal. Mesmo quando está super frio, o mais natural é ficar gesticulando de alguma maneira. Pode ser um indício de nervosismo. Se não tiver certeza, dê uma olhadinha para os pés. Se estiverem em direção à porta, isso pode indicar que a pessoa está preparada para fugir de você rapidamente.

Para encerrar, vale lembrar de outro clássico de qualquer mentiroso, ficar tossindo ou com muito pigarro. Isso acontece porque aumenta a quantidade de muco na garganta quando surge alguma ansiedade ou nervosismo anormal.

Ou seja, se você está desconfiado de alguém, não hesite em analisar todas suas atitudes. Isso pode fazer com que você descubra a verdade.

Top 10 Mentiras Para NÃO Contar ao Médico (Parte 2)

mentir-para-o-medico-2Existem mentirinhas que todo mundo conta para o médico de vez em quando. Não toma remédio por conta própria, não fuma, etc. E isso pode ser perigoso para sua própria saúde.

Infelizmente, a gente tem mania de não contar a verdade para o profissional que está nos atendendo, às vezes até por pura vergonha. O que nem sempre nós percebemos é que mesmo uma pequena mentira pode acabar prejudicando o seu tratamento. É essencial confiar no seu médico e contar tudo que ele precisa saber para poder te dar o melhor remédio. Começamos a falar sobre isso na sexta-feira e voltamos ao assunto hoje.

Confira a seguir mais 5 mentiras mais contadas aos médicos e entenda como elas podem te prejudicar:

  • Drogas: como a maioria das drogas de recreação são ilegais, muita gente acha melhor não contar sobre aquele cigarro de maconha ou sobre aquela vez em que cheirou cocaína. Entretanto, é importante que você saiba que o médico mantém um acordo de confidencialidade com você e não vai repassar a informação, mesmo que constrangedora. Sem contar que este uso pode afetar seus exames e causar a um diagnóstico equivocado, se você não for honesto.

  • Hábitos: adianta nada dizer pro médico que você faz exercícios físicos regularmente se não for verdade. Nosso corpo conta direitinho se você está com o colesterol muito alto ou se o seu fôlego mal aguenta uma caminhada. Não finja ser mais forte do que é.

  • Dosagem: tomar um remédio pra dor de cabeça por semana é considerado normal, mas se você está acima dessa conta, não hesite em contar para o médico. Mesmo que você esteja abusando da dosagem, ele precisa saber dos seus hábitos. Sua dor pode estar muito além do normal e você só vai se curar se o profissional souber.

  • Ego: não existe nada de mal em admitir pro médico que você está querendo chorar de tanta dor. Muita gente tem dificuldade em lidar com o próprio ego e diminui o próprio sofrimento para não ter que mostrar um momento de fraqueza. Pura besteira.

  • Entendimento: não importa se o médico vai ter que te explicar 30 vezes a mesma coisa, sempre pergunte até entender! Não finja que compreendeu tudo se não for a mais pura verdade. Chegar em casa e não saber como tomar o remédio acontece muito e pode ser que você perca uma chance de cura apenas por não querer assumir suas dúvidas.

Para encerrar, vale reforçar que o médico precisa ser alguém com quem você se sinta confiante e confortável. Não consulte com alguém que não te inspira segurança. É melhor trocar de profissional do que ficar com um tratamento que não vai te curar de verdade.

Top 10 Mentiras Para NÃO Contar ao Médico (Parte 1)

mentir-para-o-medico-1A gente é sempre meio medroso em relação à saúde, né? Muitas pessoas sequer contam direito seus sintomas ao médico com medo de ter alguma coisa. Mas, e se essas pequenas mentiras estiverem mascarando uma doença que pode ser tratada e curada?

Por mais que tenhamos inseguranças em relação a ficar doente, a verdade é que sempre melhor saber o que está se passando e fazer o possível para melhorar. Ao invés de deixar aquela dorzinha crescer a cada dia, é muito mais fácil (e barato) tratar logo de uma vez, enquanto é apenas um incômodo pequeno.

Por isso, fica aqui a dica, pare de contar mentiras ao seu médico, principalmente estas que vamos listar a seguir:

  • Medicação: tudo bem se você esquecer de tomar o remédio na hora certinha, mas nada de esconder esses lapsos do profissional. Se você não estiver fazendo o tratamento corretamente, é melhor contar e adequar a medicação para que você lembre. Caso contrário, pode acabar tendo que tomar medicamentos mais fortes, à toa.

  • Automedicação: a gente bem sabe que você tem uma farmacinha particular em casa, não adianta esconder. Seja muito claro com seu médico sobre o que você já tomou antes da consulta. Isso pode afetar muito os seus sintomas.

  • Jejum: certos procedimentos exigem que você fique em jejum por algumas horas. Por mais que você fique com vergonha se tiver bebido ou comido fora do prazo que te deram, não esconda do médico. Isso pode afetar o resultado de exames e até da anestesia antes de algum procedimento.

  • Álcool: não seja aquela pessoa que vive tomando aquela cerveja e chopp e se faz de santo na frente do médico. Por mais que você não se considere um alcoolista, essas bebidas podem estar, sim, afetando o funcionamento do seu corpo.

  • Cigarro: cerca de 13% dos fumantes escondem esse hábito, o que pode ser muito prejudicial na hora de descobrir alguma doença. Se você tem vergonha de fumar, aproveite o momento para pedir ajuda para parar. Pode ser sua chance de parar de fingir pra sempre e ainda se livrar do vício.

É muito importante que você tenha consciência de que seu médico não está ali pra te julgar. Ele conhece casos diversos e está pronto para te atender, qualquer que sejam seus sintomas ou decisões. Falar abertamente com ele faz toda diferença no seu tratamento.

Na próxima segunda-feira, 12 de setembro, voltaremos a falar sobre esse assunto. Será que você já contou alguma dessas mentirinhas para o seu médico?